DEIDADE EVOLUTIVA


DEIDADE EVOLUTIVA

DEIDADE EVOLUTIVA

por Cláudio El-Jabel

 

Idas e vindas,

Transito cheio,

É tanta informação,

Que às vezes paro pelo meio,

Não dá para acompanhar,

Apenas quando saio do lugar,

Então em outro plano tudo muda,

Percepção, visão, são os que mais sobressaem,

O tato a audição e o paladar ficaram para trás,

Sentimentos modificam de forma incoerente,

Ao que pensamos ser um veículo mais inteligente,

Diria que é algo meio frio,

Meio inerte a percepção,

As mensagens chegam e se vão,

Atitudes em recebê-las não se tornam atos nem posse,

Mais que isso, são apenas informações,

A um enorme organismo de dados,

Que acumulam as mesmas sem definições,

É a evolução da idade,

Torna-se quase uma deidade,

Sacramentar o entender,

Deixar fluir, crescer,

Algo bem mais importante,

Nada pessoal e sim divinatório,

Um corpo gerado da mutação,

Pequeno, porém forte,

Indiferente aos acontecimentos,

Recolhe a tudo que chega,

Separa o que serve e é bom,

E redistribui a um longe e novo repovoamento,

Sacramentando assim o nascer de um novo momento.

 

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO, RELIGIÃO e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para DEIDADE EVOLUTIVA

  1. roccalex1 disse:

    Uma linda imagem, um lindo poema, um excelente blog, um grande amigo.
    Uma ótima noite e um grande abraço pra ti, querido amigo.

    Curtido por 2 pessoas

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s