Arquivo da categoria: POEMA

O TEMPERO

  O TEMPERO Por Cláudio El-Jabel   Vejamos então de que forma começo, Como a um despreguiçar ao acordar, Meio sonolento, cheio de sonhos, Sim estes sempre andam lado a lado junto a mim, Muitas vezes não ouso contar, Não … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , | Deixe um comentário

DE FORMA DIRETA

DE FORMA DIRETA Por Cláudio El-Jabel Existe uma guerra interna que faço entre os dois espíritos, Um é aquele todo poderoso e sagrado, Criador de tudo que possamos imaginar, Outro é o desaforado, O maldito que destrói a tudo e … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | Deixe um comentário

PESCA DE ALBATROZ

PESCA DE ALBATROZ por Cláudio El-Jabel As vezes tenho tempo de ler mas não de dar minha presença pessoal. Assim que o vento mudar a direção volto a aportar nesse cais, Quem sabe se a pesca não traga surpresas boas, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , | 6 Comentários

PRIMAVERA

PRIMAVERA por Cláudio El-Jabel Chegando devagar, Primavera, Tempo das flores, Dos amores, Das cores, Tempo apreciado, Bem visto e esperado, Chegue bela primavera, Mostre a todos seu encanto, De cá fico a te esperar, Observando as mudanças a minha volta, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 8 Comentários

SEREIA

  SEREIA por Cláudio El-Jabel Na penumbra que se observa o vulto feminino, Os olhos enxergam sereia, Escondida nas pedras em declínio, Pois não se atrevem a pisar na areia, Em tempos venho eu observando, mas sem me aproximar, Dizem … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 5 Comentários

RECONSTRUIR

  RECONSTRUIR por Cláudio El-Jabel Quando o vento nos sopra, Sim, ele sempre nos sopra, Vezes por brisas frescas, Vezes bem forte e tempestuosa, Mas sempre em nossas vidas o vento sopra, Não há como saber, Não há como deter, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 6 Comentários

STATERA

  STATERA por Cláudio El-Jabel Sonhei que escrevia, Escrevia o que sonhava, Algo me acordava sempre no final, A história nunca ficava pronta, Mas nada disso me desaponta, Então passei a meditar, E meditando também sonhava, Foi quando a fantasia … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , | 6 Comentários

APOCALÍPSE POLÍTICO

  APOCALÍPSE POLÍTICO por Cláudio El-Jabel Hoje é aquele tipo de noite, Com Hip Hop ao fundo, Servindo de inspiração, Esse teclado já dando tic, E minha paciência se perdendo, É quando rio de mim mesmo, Afinal de que adianta … Continuar lendo

Publicado em METÁFORA, POEMA, POLÍTICA, REFLEXÃO | Marcado com | 2 Comentários

ESCÓRIA

  ESCÓRIAS por Cláudio El-Jabel   Quando o silencio é insurgente e aflora, Por mais que se pense no decorrer do tempo, Que insistentemente nos indica uma grande demora, Em um quadro patético de conclusões que já sabíamos, Mas endossado … Continuar lendo

Publicado em POEMA, POLÍTICA | Marcado com , , , | 11 Comentários

CABELOS VERMELHOS

CABELOS VERMELHOS por Cláudio El-Jabel   Por mais bela que fosse a menina, Assassina, Como seus cabelos lançados ao vento, Por momento, Dava para se ver no olhar, Perdido, Queria eu poder ajudar, Sem tempo, E assim permaneceu a menina, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , | 3 Comentários