Arquivo do autor:KAMBAMI

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.

ESTRELAS

ESTRELAS por Cláudio El-Jabel Ando me sentindo assim, Luz acesa sem ter fim, Pra onde foram as estrelas que também reluziam? Iluminavam meu caminhar, Hoje me sinto sozinho, Ainda com certa energia, A espera de algo que também não sei, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 13 Comentários

FOCO

    FOCO por Cláudio El-Jabel   Corra, Venha rápido, Ai não, Se poste ao meio, Para que eu possa lhe ver por inteiro, Agora estás em minha mira, Fascina, Mas não se agite, Ainda não foquei, Estou tentando focar, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 5 Comentários

O PRÓXIMO

    O PRÓXIMO por Claudio El-Jabel   Hoje acordei meio cansado, Estava um pouco atrapalhado, Estava meio triste sim, Em ver tantos estragos, Mas sei que um dia tudo passa, E nos livraremos dessa desgraça, E o mundo poderá … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 1 Comentário

A FOME DO MUNDO

    A FOME DO MUNDO por Cláudio El-Jabel   Pego-me relembrando o passado, Coisa pequena, Nada assustado, Lembro do laguinho de peixes, Das coleções de peixinhos, Da tentativa frustrada, De montar um barquinho, Lembro bem das ondas, Das marés … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 6 Comentários

VAI PASSAR

    VAI PASSAR por Claudio El-Jabel Dizem que se escreve, Quando a dor nos pede, Dizem que se sente, Quando a dor é presente, No mais a dor vira companhia, Torna-se companheira diária, E nós nos tornamos fiéis, Sempre … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , , , | 8 Comentários

INSTANTE

  INSTANTE Por Cláudio El-Jabel     Não sei se falo ou calo, Se sigo ou paro, Não sei da cor que veem, Não sei da dor que sentem, Sei que somos apenas sementes, Portadores dessa empreitada, Viver o presente, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 8 Comentários

INSEGURO

    INSEGURO Por Cláudio El-Jabel   Deixa, Sonhar em meu travesseiro, Escalar as montanhas mais íngremes, Mergulhar no oceano das paixões, Procurar o amor que deveria haver, Tentar um supor de me atrever, Querer beijar tua boca como flor, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 4 Comentários

SEREI AVÔ

  SEREI AVÔ por Cláudio El-Jabel   Pensei que sonhava, Mas nada, Era mesmo verdadeiro, Sonhava eu ao travesseiro, Era tão fácil a locomoção, Bastava erguer os braços, E lá eu ia voando como avião, Achei que podia ser super … Continuar lendo

Publicado em POEMA | 19 Comentários

COMO TE QUERIA

  COMO TE QUERIA Cláudio El-Jabel Hoje estou meio vazio, Como se vazio as vezes não fosse, Como se tudo desse ou viesse de bandeja, Cartas postas sobre a mesa, Recorremos ao indecifrável, Ao oculto espiritual, Na busca da força … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , | 4 Comentários

PROCURAS

    PROCURAS Por Cláudio El-Jabel   Onde penso que vás, Não estás, Onde penso que estás, Não foi, Procuro-te como louco, Perco-me entre as ruas, Becos, desnudados, Bares sombrios, Cheiro de fumaça ardidas, Não te encontro porque não queres, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 3 Comentários