Arquivo do autor:KAMBAMI

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.

FUGAZ

  FUGAZ Por Cláudio El-Jabel   Diga sobre o tempo, Fale-me das coisas, Pronuncie sua voz, Melodica e suave, Como cantos de rouxinóis, Entre grave e agudos estridentes, Como um nascer resplandescente, Como o frescor a desbotar, Fale bem em … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | Deixe um comentário

ALMA PENADA

    ALMA PENADA Por Cláudio El-Jabel   Isso de fato é uma história, Triste por sinal, Um Ser digamos assim, Acima do que seria normal, Não entendia bem sua posição, Seu conceito e dissuasão, Nem o que pretendia de … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 2 Comentários

FAGOCITOSE (Reblog2)

  FAGOCITOSE “Para um país de medíocres e uma governança cega, não diria que ainda haja tempo, nem mesmo que o tempo que resta se acerta, mas para quem sempre tentou passar uma visão em versos, ver acontecer o que … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 2 Comentários

MEMÓRIA

  MEMÓRIA por Cláudio El-Jabel Qual é a mais bela memória? Não adianta mudanças locais, Tudo que precisamos é apenas de pausa, Nossa respiração é rápida demais, Deixa muitas vezes até o que amamos para trás, Num pensamento de pausa, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 2 Comentários

ESPÍRITO JOVEM

ESPÍRITO JOVEM por Cláudio El-Jabel Sabe quando erámos jovens, Não tinha medo de falar, Não tinha medo de olhar, Parece que tudo que podemos descrever é negar, Sim a juventude assim nos forma, Somos os donos das verdades, Nem que … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 3 Comentários

MÃE SEREIA

MÃE SEREIA Por Cláudio El-Jabel   Mãe das águas, Te espero sempre a beira, Desse mar que me rodeia, Dessa vontade de entrar, Onde clamo, Onde faço meus pedidos, Tão sinceros e destemidos, Sem nem mesmo lhe cobrar, Quando clamo, … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | Deixe um comentário

DÁDIVA

  DÁDIVA Por Cláudio El-Jabel   Corro, porque o tempo me faz mister, Vejo, porque há necessidade ainda em guardar lembranças, Ouço, pois a mente ainda se encanta nos acordes, Penso, pois ainda me existe intelecto, Faço de cada passo … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 4 Comentários

MACUMBA

    MACUMBA por Cláudio El-Jabel   Tem vezes que dá branco, Branco na memória, Pensa em algo e sai outra história, Não ligo para esse ocorrer, Mas que é bem gozado de saber, Sim é, Sempre que escrevo uso … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | 4 Comentários

UM PEDIDO

  UM PEDIDO por Cláudio El-Jabel   Hoje resolvi escrever, Contar as coisas que gostaria de fazer, Falar direto com Deus, E pedir-lhe pelos amigos meus, Farei isso de forma moleque, Brincando do jeito faceiro, Olhando ao céu, E pedindo … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com , , , | 1 Comentário

DECLAME

    DECLAME Por Claudio El-Jabel   Como se não fácil seria, Falar de amores, De alegrias, Mas o diferente é exatamente, Falar daquilo que se sente, Pode ser uma dor, Algo visto e deslumbrado, Alguma lembrança do passado, Uma … Continuar lendo

Publicado em POEMA | Marcado com | Deixe um comentário