DIFERENÇA ESTRANHA


DIFERENÇA ESTRANHA

por Cláudio El-Jabel

Então é chegada a hora,
Se apresenta de forma estorcida,
Nem deu tempo para entender o que era,
Mas há tempo para fechar a ferida,
Assim é a vida que conhecemos,
Que pensamos controlar cada segundo,
Na verdade vivemos duas vidas,
Uma aqui presente,
E outra noutro mundo,
Essa visão paralela escondida,
É algo que cientistas correm atrás,
Ter certeza da busca,
Sabendo que ela se desfaz,
Tão delicada,
Encantada ousaria dizer,
Do jeito que vive em mim,
Ao jeito que vive em você.

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s