O PRÓXIMO


 

O PRÓXIMO

 

O PRÓXIMO

por Claudio El-Jabel

 

Hoje acordei meio cansado,

Estava um pouco atrapalhado,

Estava meio triste sim,

Em ver tantos estragos,

Mas sei que um dia tudo passa,

E nos livraremos dessa desgraça,

E o mundo poderá em fim,

Caminhar pelo jardim,

E retomar seu desenvolver,

Voltar de novo a crescer,

E sei também que aprenderá,

Um novo caminhar,

Um dia após o outro amor,

Sem frio e sem temor,

Poder sair, se distrair,

Criar, olhar e ouvir,

E o que diria é natural,

Podemos aprender com isso,

E nos tornarmos especial,

E termos compromisso,

De usar apenas uma parte,

Saber dividir igual,

Não ter tanta hipocrisia,

E tantas coisas e tal,

Seremos tantos que meu pranto,

Não molharia nem um mortal,

Agora nosso rumo muda,

de forma não prevista,

Vocês não perderão,

O próximo de vista.

 

E para embalar…

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA e marcado . Guardar link permanente.

4 respostas para O PRÓXIMO

  1. mariel disse:

    Belo poema e canção

    Curtido por 1 pessoa

  2. Belo poema ,um dia o poderemos , caminhar sem pressa de chegar, poder sorrir e abraçar sobretudo amar. Um abraço fraterno do Poeta Carvoeiro.

    Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s