DEPRESSÃO


DEPRESSÃO

 

DEPRESSÃO

Por Cláudio El-Jabel

 

Dias de nuvens cinzentas,

Sem o calor da claridade,

Sentimentos ocultos,

Visões da verdade,

Não são as nuvens em si,

São as percepções que processo,

O vento que sopra ao rosto,

É vento bem discreto,

Na qualidade de a tudo sentir,

Muitas vezes me pergunto desse querer,

Se isso me acresce em algo,

Se de fato me faz crescer,

Nessa apresentação teatral,

O palco a todos pertence,

A peça pode ser qualquer uma,

Mas a interpretação que revela,

Obrigatoriamente deva ser inteligente,

A verdade,

O ato,

A atmosfera,

Nesse teatro da vida não é muito diferente,

Existe não somente o palco,

Mas há também a plateia com um milhão de gentes,

Esse é o mundo que vivo em percepção,

As vezes alegre, sadio,

Noutros bem deprimente.

seal

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para DEPRESSÃO

  1. Perfeito : Dias de nuvens cinzentas,

    Sem o calor da claridade,

    Sentimentos ocultos,

    Visões da verdade,

    Não são as nuvens em si,

    São as percepções que processo,

    É assim mesmo q ela aparece no Outono da Bélgica.

    Curtido por 2 pessoas

    • KAMBAMI disse:

      Sim já li isso em seu blog também. O inverno aí leva tempo demais, porém ainda é um dos locais mais belos da Europa e se oportunidade tiver com certeza vou respirar também esses ares. Obrigado por comentar.🤗

      Curtido por 2 pessoas

    • A Riscar disse:

      Li algumas vezes seu poema e todas as palavras que brotavam para escrever aqui teimavam em querer sumir. Tenho certeza que todas elas seriam pra mim e não pra ti, talvez, por isso estava com medo de escrevê-las.
      Quando entro nesse terreno é como se eu lesse esclarecimentos de um livro que foi escrito dentro de mim, mas não pra mim.
      São sentenças que parecem que conhecia antes mesmo de nascer e essa sensação faz com que eu me sinta bem maluco, porque não condizem com que sinto na minha vida prática.
      Mas tvz, eu entenda um pouco da sua sensação, dessa alternância súbita e extrema de sensações.
      Nascemos na história que somente a felicidade extrema é bem aceita e desejada e a tristeza é omitida ou parcial, mas se vamos lidar com extremos, uma hora teremos que enfrentar a infelicidade extrema também. E se, para mim, uma pequena tristeza está difícil de encarar quanto mais uma colossal.
      Nós que lidamos com a sensibilidade e com seus frutos, como a poesia, não conseguimos ficar longe dessas beiras. Queremos observá-las, tocá-las, chegar bem na pontinha. Temos sorte de viver esse espectro tão amplo da mente humano. Mas chega uma hora que o conhecimento exige um salto da consciência que ainda temos medo de dar.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Thank you very much sir 🙏🙏

    Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s