TENTANDO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO


TENTANDO ENCONTRAR O EQUILIBRIO

TENTANDO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO

por Cláudio El-Jabel

Olhei para a pasta e vi muita coisa escrita para postar,

Li, mas não tive tempo de analisar,

Não sei se é o momento, se tenho vontade,

Muitas vezes me pergunto se são coisas da idade,

Mas cheio de atribulações e como gosto de ler e participar,

Vou lendo e dando pitacos aqui e acolá,

Não tinha nada em especial do que todos já sabem,

Falar coisas da vida do que o corre na política podre não me falta é coragem,

Mas parei hoje de uma forma diferente,

Pela primeira vez após muitos anos olhei bem para toda  aquela gente,

Verifiquei todas pelos seus hábitos, movimentos e algumas até li seus pensamentos,

Pensam que não, mas basta eu bater olho no olho e o que tá dentro de ti não mais lhe pertence,

Passa como uma upload para minha mente,

Faço minha tarefa e retiro um tempo para pensar, contemplar,

E nesse momento vou pondo do meu jeito o que acredito ser a ordem,

Lembro da escrita de um e de outro, lembro do que vi nas notícias,

Lembro do que presenciei nas ruas e avenidas,

Lembro dos compromissos que tenho,

Dos acertos que eu mesmo trouxe a responsabilidade para mim,

E peço ao tempo que me de tempo para poder cumpri-las,

Por ordem, em ordem, do jeito, o que acredito ser o perfeito,

Exigente, a insatisfação é algo constante,

Não aceito em hipótese alguma a falta de profissionalismo,

O mal caratismo, o descaso, o mal preparado, o antiético,

Esses muitas vezes tenho a vontade de eliminar,

Vejo como ameba humana, sem prumo, sem rumo e sacana,

Mas devo seguir a lei da sociedade que me rege,

Mas que dá vontade dá e pelo sangue que me corre nas veias,

Rogo a meu criador que não permita esse desvio,

Seria a pior coisa que o mundo iria presenciar,

Todo esse amor que nutro com pensamentos bons,

Mudaria da água para o fogo,

E num suicídio mais que louco com esse mundo acabar.

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Uma metamorfose humana do conhecer e aprender. Simples porém exigente. Bem sobre o autor desse blog, me parece ser um cara legal, gosta de conversar, dar pitacos aqui e acolá. Procuro ser o mais sincero que a vida me permite, adoro amizades, sou tímido acreditem também uma metamorfose ambulante como diria Raul. Adoro cozinhar, mas na escrita sou mesmo comilão, como acento, concordância verbal, minha gramática de fato anda bem mal, mas sou um cara legal. Tenho muito gosto em escrever o que me vem à mente ou o que me chega aos ouvidos e visão, sou um observador nato desde minha aparição. Aqui é um palco de teatro não se engane há muito de quem escreve e muito de fantasia, mas não há bilheteria, então sinta-se a vontade, puxe sua cadeira e sente, estou quase sempre presente, me enrolo muitas vezes nessa de seguir quem me segue, me perco nesse mundo danado de internet. Não sou esnobe, sou pessoa bem simples, gosto da natureza, da boa mesa, do bom papo, não tenho hora, não uso relógio para controlar meu tempo, a muito me deixei ser levado ao vento, ora furioso que me derruba e machuca, ora bondoso que me embala em doçura. Chamo-me Cláudio El-Jabel, também podem me chamar de Kambami ou Kael, adoro distribuir carinho sem intenção outra que não seja da amizade ser bela, ser amiga, ser sincera, entendo que nossa vida é algo muito rápido e nem sempre dá tempo de nos conhecermos melhor, mas essa é minha apresentação, muito prazer, eu não esqueço vocês, já os tenho em meu coração, sejam bem vindo então.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

12 respostas para TENTANDO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO

  1. Bruna disse:

    Se você estivesse apresentando o que eu acabei de ler acima, podes ter a certeza que eu aplaudiria de pé! Muito bom, parabéns!
    Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. MariaLDário disse:

    Kambami, não consigo curtir isso que você acaba de dizer, é covarde.
    Sobre ‘mas devo seguir a lei da sociedade que me rege’, eu lhe digo, você deve seguir a lei da Vida, que é viver.
    E vou além, procure hoje mesmo um médico, procure ajuda em forma de psicoterapia mais ajuda medicamentosa. Portanto, não estou falando de psicólogo, mas de psiquiatra. A medicina e a farmacologia evoluíram muito e hoje se tem remédio para tudo: nervoso, mau humor, angústia, ansiedade, depressão, etc.
    Estou ao seu lado e do seu lado.

    Curtido por 1 pessoa

    • KAMBAMI disse:

      É só poesia, a personalidade do poeta é dupla, ora atleta, ora na luta, ora secreta, ora madura. Fica tranquila é só distração mas medicina apenas para o coração. Beijos. Juro que falarei mais sobre flores, assim não lhe assusto com os horrores. 😉

      Curtido por 1 pessoa

  3. MariaLDário disse:

    Por sim ou por não, e você rima tudo, com esta alegoria você quase me deixou muda…
    Mudando de assunto, estou em sala de aula e uma aluninha acaba de me pedir uma música, da série Ever After High.Quero deixá-la pra você, com toda a pureza de um desejo infantil, cheio de ingenuidade, afeto e muita alegria. Bom-dia, Kambami!

    Curtido por 1 pessoa

  4. jomabastos disse:

    A sua prosa poética faz chegar seu modo de pensar e agir a todos nós que apreciamos uma boa leitura. É muito natural, pelo menos para mim, que a insatisfação daquilo ou daqueles que apreciamos e vivemos através dos nossos sentidos, seja algo constante na nossa rotina, no nosso quotidiano, no nosso dia a dia.

    Abração!

    Curtido por 1 pessoa

  5. MariaLDário disse:

    Kambami, me ajuda a pensar. Como pode querer tentar encontrar o equilíbrio se você já é tão feliz, tão completo com a sua família? com a sua mulher e todos os seus? https://kambami.wordpress.com/2013/05/03/182/

    Curtido por 1 pessoa

    • KAMBAMI disse:

      “Kambami, me ajuda a pensar. Como pode querer tentar encontrar o equilíbrio se você já é tão feliz, tão completo com a sua família? com a sua mulher e todos os seus?”.

      Maria entenda essa página é de poemas e não de apenas coisas pessoais. A poesia envolve fatos ocorridos, fatos imaginários, fatos vistos, fatos lendários, fatos históricos, fatos da vida, fatos da morte, do cotidiano nosso e alheio, coisas que ocorrem na nossa esquina e na esquina de outro ponto do Planeta, emoções humanas e desumanas e etc…
      Não sou eu que estou tentando encontrar equilíbrio, já estou bem desequilibrado pela vida na Terra, rssssssssss.
      Aqui encontrarás verdade, sinceridade, amor, desejos, conceitos, fantasias, utopias, conselhos, pensamentos, ensaios, esclarecimentos, escritas de duplo sentido (palavras figurativas/entrelinhas), tudo apenas ARTE.
      Veja o nome do blog, UNOBTAINIUM.
      É espaço para ler, não para obter.

      Deixarei algo para tentar faze-la refletir,
      Não que queira manipula-la a me seguir,
      Mas gosto de ser claro nas atitudes que tenho,
      Não discuto pessoas, apenas pensamentos,
      Não julgo pessoas, apenas atitudes,
      Permito-me falar de política pois ela me governa,
      Ou pensa governar,
      Não sou covarde como declarou,
      Mas não luto com ideias ou conceitos,
      Acredito e respeito, cada qual com seu direito,
      Sou filósofo das horas vagas,
      Do por do Sol atrás das montanhas,
      De contemplar a tudo e a todos,
      Olhar, falar, sentir,
      Mas quem observa e dita a regra não está aqui,
      É algo de magnitude maior,
      Apenas flui pela escrita e verificação,
      Descreve o que pensa e sua visão,
      Não se apodera de nada nem tenta mudar,
      Apenas descreve o que pensa,
      Para que ajude a outros pensar. 😉

      Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s