EMPILHAR ou PONDERAR?


EMPILHAR ou PONDERAR

EMPILHAR ou PONDERAR?

Por Cláudio El-Jabel

 

Muitos acreditam que quanto mais empilham, mas felizes são,

Mera ilusão, tolice assim pensar,

A vida de fato é bem simples,

E de muito pouco mesmo havemos necessitar,

Nem mesmo a cultura deva ser empilhada,

Deve sim ser entendida, admirada e assimilada,

Um guerreiro da paz não empilha nem logra,

Nas batalhas vencidas ele apenas redistribui o equilíbrio,

Recoloca como a um trem em seu devido trilho,

Dá um novo empurrão para que volte a andar,

Carrega com ele o dever de ser neutro,

De não usar julgo apenas como poder,

E sim a quem de fato necessita e venha merecer,

Não abandona porém o que em desgraça trilhou,

Mas deixa que sinta a dor,

Acredita o guerreiro que a dor da ferida cura,

Mas deixa a cicatriz como marca de lembrança,

E assim o errante como uma criança aprende,

E carregam suas cicatrizes pela vida como uma balança,

Do que seja certo ou errado,

Do exercitar a ponderação,

Agir com a cabeça sim,

Mas sem jamais abrir mão do coração.

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para EMPILHAR ou PONDERAR?

  1. Tudo vem no momento certo e na hora necessária.

    Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s