TRANSCENDÊNCIA


TRANSCENDÊNCIA

TRANSCENDÊNCIA

por Cláudio El-Jabel

 

O que seria o experimentar sem sentir?

A vida muitas vezes nos soa como ingrata,

Mas na verdade não é,

Ela apenas apresenta a escolha do momento,

O impulso do caminho traçado,

O não que muitas vezes insiste ao nosso lado,

Ouvir, falar e ver não torna-nos experientes e sim viventes,

A experiência ocorre quando menos se espera,

Dispara como o acionamento de um interruptor,

Acende a luz que ilumina,

Dai o termo iluminado dado aos grandes mestres,

Onde a mente acesa atende a uma atenção diferente,

Algo que nos dá o prumo,

A decisão nesse momento é o de abandonar o externo,

Dar atenção ao que vive por dentro de nós,

Intimo oculto desvendado,

Visto a olhos claros antes vedados,

Aceitar o dever intenso da dor,

Sentir o vento, desabrochar,

Expor-se em flor,

Sim, o poeta põe pra fora,

O sentimento que outros oprimem,

Respira o pensar de outrora,

Verifica o momento da vida,

Pontua o que acredita afetar,

Muda o rumo, mas segue em prumo,

O que muitos em vida se furtam em ter de buscar.

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO e marcado . Guardar link permanente.

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s