IRREMEDIÁVEL


MULTIVERSO

IRREMEDIÁVEL

por Cláudio El-Jabel

Diz-se que o que não tem remédio remediado está,

Um ditado popular que apenas reporta o conforto,

Dando como anunciado o que todos esperam,

Ou ainda o que se propõe num resultado final,

Diria que uma forma complacente do aceitar,

Quando o irremediável torna-se algo longínquo do pensar,

Não, nem tudo tem remédio, nem tudo é de fato real,

Vivemos uma vida de fato, mas apenas tridimensional,

Outros mundos, outras visões, diria ainda outras dimensões,

Onde a necessidade de acerto, de cura e até de vida,

Seja algo sem valor, sem necessidade aparente,

Noutra dimensão pode existir apenas a mente,

Algo desproporcional, sem corpo, sem face,

Algo que despreze até mesmo a arte,

Incompreensível ao nosso entender,

Mas está lá presente no Cosmos multiverso,

Onde cada pedaço é uma forma de criação,

Cada canto, cada bolha se assim podemos fantasiar,

Algo imenso a tal ponto,

Que nem minha mente pensante consegue mensurar.

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em CIENCIA, POEMA, REFLEXÃO e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s