PINTURA DE ARTISTA


PINTURA DE ARTISTA

PINTURA DE ARTISTA

por Cláudio El-Jabel

Fico muitas vezes pensando em mudar as cores,

Jogar de vez e as fezes em ventiladores,

Deixar que saibam o quão perturbadora é a sociedade,

Que não anda apenas rasteja ao lado de quem grita,

Mesmo que esse grito seja uma palavra maldita,

Mesmo que a ideia não seja a de atribuir nova cor,

Mudar desse cinza doentio que a sociedade vive,

Para um leque maior de cores vibrantes,

Onde cada qual poderá escolher seu tom,

Sem seguir a tinta jogada a cara,

Uma tinta que erguida como bandeira,

Torna o mundo repleto de fronteiras,

Criando labirintos e abismos em mesmo chão,

Sempre na certeza do separatismo,

Nunca na visão de união,

Queimem-se as bandeiras,

Joguem ao lixo as ditas tradições,

Unam-se como seres inteligentes,

Que juntos caminham em uma só direção,

Não tarda muito e a decisão deverá ser tomada,

Logo em bom conselho se assim posso fazer,

Peguem as mãos suas aquarelas,

Treinem as cores em pinceladas sadias,

Criem de fato sua arte,

Pois eu já estou a fazer a minha parte.

 

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Quode natura date, nemo negare potere.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s