HOMENAGEM AO DIA DAS MULHERES


imagem_4

Homenagem as mulheres

                                                                  por Cláudio El-Jabel

Dia internacional da mulher,

Como se fosse apenas um dia,

Que a sociedade separa para com ela brindar,

Mulher é algo sagrado,

Pois traz em seu corpo moldado,

O berço sagrado de recriar,

Enfermeira que cuida as feridas,

Companheira que nos acompanha na vida,

Guerreira que vive a lutar,

Tão delicada de coração tão valente,

Mesmo maltratada ela se finge contente,

Mulher, flor mais bela, parceria completa,

Ai do homem que não a tem,

Como sua flor predileta,

Destemida, sentimental e feiticeira,

Sabe fazer a magia em torno de quem a semeia,

Dedicando seu tempo inquieto, a criar com zelo e carinho,

E manter apesar do trabalho, sempre arrumado o seu ninho,

Hoje muitas são as que a família sustentam,

Pois com seu coração transbordado de amor,

Sabe e tem competência, para sua árdua labuta,

E sem temer tal desafio, estão sempre na luta,

Mas que Ser surpreendente é a mulher,

Achega-se prudente como quem nada quer,

E com o olhar displicente, conquista seu parceiro escolhido,

Na certeza da escolha de seu futuro marido,

Com sabedoria e escolha, trilha o caminho da construção,

E reestrutura toda uma vida, para abdicar aos seus descendentes,

Pois só assim sente-se realizar, como a profecia lhe imposta,

A fartura da cria a qual defende e se apossa,

O tempo passa e mais,

Bela a mulher fica,

A cada dia mais responsabilidade,

É-lhe atribuída,

Correndo contra o,

Tempo na esperança de a tudo salvar,

Vemos as mulheres,

Subirem nas mais altas hierarquias,

Ais quais nunca,

Deveriam deixar de estar,

Elas foram as,

Pioneiras, mas com a força brutal o homem as tirou,

Com a conversa mole,

De serem apenas as companheiras,

A qual em muitos,

Casos ela nunca chegou,

Ser companheira é,

Deixar que tenha voz,

Ser companheira é,

Deixar que apoie a todos nós,

Ser companheira é,

Deixar prevalecer a sutileza,

De um ser cheio de,

Nobreza que nos embala em paixão,

Mulher é ser,

Encantada, é algo sagrado, é poder de criar,

É a satisfação do,

Presente, que está sempre atenta a tudo verificar,

A grande deusa da,

Terra e por que não de todo Cosmos,

Afinal estamos vendo,

Com menos miopia e percebendo os berços estrelares,

Verdadeiros templos,

Da criação, onde nasce a cada dia uma nova constelação,

Mulher é luz, é,

Beleza singela,

É fragilidade,

Delicada em corpo e alma,

Mas é força poderosa,

Que acalenta e acalma,

Sem apresentar cajado,

Ou mesmo coroa,

Ela reina ao meu lado,

E caminha comigo,

Como meu apoio mais,

Fiel,

Minha amiga de,

Batalha e de sonhos,

Mulher é tudo na vida,

E eu jamais lhe abandono,

Minha cara metade, peça,

Que falta no tabuleiro da vida,

Sem ela não há jogo,

Não a graça, e nem razão,

De se ter uma vida,

Inteira sem ter essa união,

Parabéns Ser mulher,

Agradeço a lição que me passa,

E como a um pedindo profundo,

Peço a mãe natureza, deixe-a sempre no governo do mundo,

Caminhemos todos,

Juntos, com amor e esperança,

De um dia melhor por,

Vir sempre ao seu lado,

Crescendo em mente,

Trocando carinho,

Pois sei que sempre,

Terá espaço para me aconchegar em seu ninho,

A todas as mulheres que por aqui passarem,

E com carinho perceberem a poesia,

Rogo-lhes ao nome de todas,

Deus abençoe essa eterna magia.

 

(Em homenagem a todas as mulheres aqui do espaço e em especial a minha)

 

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Uma metamorfose humana do conhecer e aprender. Simples porém exigente. Bem sobre o autor desse blog, me parece ser um cara legal, gosta de conversar, dar pitacos aqui e acolá. Procuro ser o mais sincero que a vida me permite, adoro amizades, sou tímido acreditem também uma metamorfose ambulante como diria Raul. Adoro cozinhar, mas na escrita sou mesmo comilão, como acento, concordância verbal, minha gramática de fato anda bem mal, mas sou um cara legal. Tenho muito gosto em escrever o que me vem à mente ou o que me chega aos ouvidos e visão, sou um observador nato desde minha aparição. Aqui é um palco de teatro não se engane há muito de quem escreve e muito de fantasia, mas não há bilheteria, então sinta-se a vontade, puxe sua cadeira e sente, estou quase sempre presente, me enrolo muitas vezes nessa de seguir quem me segue, me perco nesse mundo danado de internet. Não sou esnobe, sou pessoa bem simples, gosto da natureza, da boa mesa, do bom papo, não tenho hora, não uso relógio para controlar meu tempo, a muito me deixei ser levado ao vento, ora furioso que me derruba e machuca, ora bondoso que me embala em doçura. Chamo-me Cláudio El-Jabel, também podem me chamar de Kambami ou Kael, adoro distribuir carinho sem intenção outra que não seja da amizade ser bela, ser amiga, ser sincera, entendo que nossa vida é algo muito rápido e nem sempre dá tempo de nos conhecermos melhor, mas essa é minha apresentação, muito prazer, eu não esqueço vocês, já os tenho em meu coração, sejam bem vindo então.
Esse post foi publicado em POEMA, REFLEXÃO e marcado , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para HOMENAGEM AO DIA DAS MULHERES

  1. Lindo! Uma radiografia sensível do ser mulher!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ariani Lopes disse:

    Viva!!! Viva as mulheres do mundo! As guerreiras, lutadoras, as sensíveis, as amigas, as flores, companheiras!!!
    Belo escrito! Gostei da imagem, a mãe terra.

    Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s