HOMENAGEM AOS PRETOS VELHOS


NOSSOS QUERIDOS PRETOS VELHOS

 

por Cláudio El-Jabel

Indiferente à ignorância do entendimento que muitos têm em dizer que por falarem com erros não devam ser ou não deveriam ser espíritos elevados, digo que, não é pelo lirismo ou pela escrita ou fala acadêmica que se verifica a mediunidade, muito menos a bondade em coração.

De fato o que ocorria era uma mistura de idiomas, mesmo porque nada tinham com a cultura europeia, eram africanos, daí serem PRETOS.

Quem fala com amor e bondade não necessita de perfeição, pois a fala não reflete o amor e carinho aos quais nossos Pretos velhos carregam em seus corações.

Salve os Pretos Velhos, viva as almas!

Nesse dia em sua homenagem,

Não poderia deixar de escrever,

E mostrar para muitos,

O que em terra meus velhos vêm fazer,

Sacerdotes em suas terras, arrancados sem dó nem piedade,

Aportaram em nossa terra, uma terra de cobiça e de maldade,

Espírito calmo, ponderado e evoluído,

Nossos velhos deixaram marcas,

E não foram as marcas de tribo,

Curandeiros de valor, contadores de histórias,

Trabalhadores de moral, abençoados pela glória,

Mesmo com trato de animais,

Amarrados e covardemente maltratados,

Eles falavam do amor, da verdade e sonhos,

Diziam que o partir não era morte,

E sim um encontro no Céu,

Onde junto a Nzambi, poderiam ver mais longe,

Verificar com alegria o vislumbre dos horizontes,

Vários nomes nós os conhecemos,

E todos tem lugar especial no coração,

São amigos verdadeiros, nos ensinam a bondade do amor,

Sem qualquer interesse forasteiro,

Fazem-se presentes na angústia da dor,

Oh meu velho amigo, sábio e curador,

Com seu cachimbo aceso, suas ervas e sua vela,

Reza o meu corpo e me cura de todas as mazelas,

Salve Pai Joaquim, de bondade amor e perfeição,

Salve a todos os Pretos Velhos,

Salve Nzambi o Deus maior,

Salve nossas Vovós Pretas,

Livra-nos da maldade escondida,

Ensina-nos ao amor incondicional,

Receba meu pedido de benção,

Meu respeito e louvor a ti,

Minha prece em agradecimento,

Do seu pequenino Kambami.

 

“Eu adorei as almas, eu adorei as almas, eu adorei as almas no dia de hoje, eu adorei as almas…”.

Copyrighted.com Registered & Protected 
ICXJ-WFW9-AVWU-SEKJ

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Uma metamorfose humana do conhecer e aprender. Simples porém exigente. Bem sobre o autor desse blog, me parece ser um cara legal, gosta de conversar, dar pitacos aqui e acolá. Procuro ser o mais sincero que a vida me permite, adoro amizades, sou tímido acreditem também uma metamorfose ambulante como diria Raul. Adoro cozinhar, mas na escrita sou mesmo comilão, como acento, concordância verbal, minha gramática de fato anda bem mal, mas sou um cara legal. Tenho muito gosto em escrever o que me vem à mente ou o que me chega aos ouvidos e visão, sou um observador nato desde minha aparição. Aqui é um palco de teatro não se engane há muito de quem escreve e muito de fantasia, mas não há bilheteria, então sinta-se a vontade, puxe sua cadeira e sente, estou quase sempre presente, me enrolo muitas vezes nessa de seguir quem me segue, me perco nesse mundo danado de internet. Não sou esnobe, sou pessoa bem simples, gosto da natureza, da boa mesa, do bom papo, não tenho hora, não uso relógio para controlar meu tempo, a muito me deixei ser levado ao vento, ora furioso que me derruba e machuca, ora bondoso que me embala em doçura. Chamo-me Cláudio El-Jabel, também podem me chamar de Kambami ou Kael, adoro distribuir carinho sem intenção outra que não seja da amizade ser bela, ser amiga, ser sincera, entendo que nossa vida é algo muito rápido e nem sempre dá tempo de nos conhecermos melhor, mas essa é minha apresentação, muito prazer, eu não esqueço vocês, já os tenho em meu coração, sejam bem vindo então.
Esse post foi publicado em HOMENAGENS, POEMA e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para HOMENAGEM AOS PRETOS VELHOS

  1. marilene disse:

    Mo juba o – Linda e merecida homenagem! Com sua licença e citando o autor, hoje em minha Ile, vamos homenagear estasentidades, e este texto e poema, serão lidos. Nossos ancestrais durante toda minha caminhada, fizeram parte de minha espiritualidade, e até hoje, sempre são lembrados em minhas preces. Ire oIya Omileke

    Curtido por 1 pessoa

  2. ViKa disse:

    Oi KambaminhoMuito linda a homenagem!!Salve os pretos velhos!!!Saravá!!!BeijocasViKa

    Curtido por 1 pessoa

Obrigado pela visita, seu comentário é mais que importante é fundamental!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s